Casa do Alentejo

Biografia pessoal

Isabel Marçano nasceu em Alcácer do Sal e nunca se desligou da sua maravilhosa Salatia Urbs Imperatoria. Aluna distinta em Humanidades e Ciências, aí estudou até aos 18 anos de idade quando ingressou, como bolseira da Fundação Calouste Gulbenkian, na Universidade Nova de Lisboa para cursar Sociologia, motivada pelo questionamento social e influenciada pela sua professora de Filosofia Luísa Costa Gomes escritora de excelência.

Deixava para trás a vocação de escritora e a de médica. De escritora porque, diziam os mais velhos, não se vive da escrita e de médica porquê, poderão perguntar? Um incidente traumático aos 15 anos de idade e do qual não falou a ninguém levou a acreditar na fragilidade pessoal de não suportar ver sangue, pelo que (dedução lógica) não poderia ser médica!

Esta história pessoal serve para mostrar como trauma, falta de comunicação e cognição distorcida podem conduzir a decisões enganosas.
Já há muitos anos que Isabel tem uma certeza: pode ver sangue, ajuda os outros sem problemas e poderia ter sido uma médica de excelência.
Desta tomada de consciência resultou muito cedo o interesse pelas questões de equilíbrio psicossocial, desenvolvimento do potencial humano, orientação vocacional, desenvolvimento de carreiras e de projectos de vida.
A escrita criativa e científica faz parte da sua vida. Curiosa pela vida em sociedade acredita na importância de valorizar os seres humanos, comunidades e tradições, certa de que é possível a construção de um mundo melhor.
Isabel canta, dança, pinta e escreve nos tempos livres.

Biografia profissional

  • Academia/ Investigação

Isabel Marçano é Doutorada em Sociologia da Cultura e Mestre em Antropologia Social e Cultural e em Sociologia, após licenciatura em Sociologia com especialização em Recursos Humanos, Psicossociologia e saúde pela Universidade Nova de Lisboa/ Faculdade de Ciências Sociais e Humanas; tem investigado e publicado sobre a sociedade portuguesa e o desenvolvimento pessoal: orientação vocacional e profissional, trabalho e estratificação social no Alentejo, bem como, sexualidade, família(s) e relações de género. O estudo do trabalho e desemprego na região de Lisboa e em Alcácer do Sal permitiu aprofundar a análise da relação dos desempregados com o Estado e suas expectativas, assim como, o impacto do desemprego na saúde, as etapas psicológicas do desemprego e a ocupação do tempo de homens e mulheres no desemprego.
Autora de 2 livros, Isabel é embaixadora do método finlandês “Boys and Girls” para o empoderamento de jovens numa perspectiva de igualdade de género; investigadora universitária em Ciências Sociais e Humanas (CICS.NOVA da Universidade Nova de Lisboa e CRIA do Instituto Universitário de Lisboa) a autora possui experiência na docência universitária e em psicoterapia; possui grande interesse na investigação de temas sociais e culturais, relações humanas e potencial humano.

  • Aconselhamento de carreiras e psicoterapia

Isabel Marçano é a primeira portuguesa acreditada com o World Certificate of Psychotherapist pelo World Council of Psychotherapy (http://www.worldpsyche.org/wcpc_holders).
Apaixonada pela vida, Isabel é psicoterapeuta experiente e tem 25 anos de experiência no aconselhamento vocacional e na orientação de carreiras. Tem 15 anos de experiência como psicoterapeuta: identidade sexual, divórcio, trauma, crise pessoal e profissional, mudança.
Ao longo da vida aprofundou o interesse pelas questões da saúde humana na sua complexidade, como fez prova a tese de licenciatura. O interesse pela saúde numa perspetiva holística, dando grande importância à comunicação médico-doente e/ou terapeuta-paciente conduziu a leituras aprofundadas e estudos em psicoterapia, comunicação verbal e não verbal, musicoterapia, tratamento do stress pós-traumático, hipnose clínica, colocação de voz, terapia pela arte, massagem japonesa (shiatsu) e massagem psicodinâmica.
A sua perspetiva é ecológica, construtivista e procura promover e valorizar o melhor de cada ser humano na relação com o mundo interior e exterior.